Pesquisar

Meio Ambiente

Endereços úteis

Anuncie

Bate Papo

HOME

Lixo Recicle Classificados Astronomia Desaparecidos Noticias Fale Conosco

Área de Serviço

Só pensa nisso
Assim transa humanidade
O mapa dos Tabus
Tipos de Mulher
Você Broxa
Território Inimigo
Ponto de Gula
Pule fora com categoria
Presente de Grego
Porque elas dizem Não
Nada como tocar instrumento
Quando ela quer e você não
Saia pela tangente
Os Nomes do Prazer
Saiba como agir
Porque uma noite apenas
O Santo das 5000 mulheres
Procure alguém de seu tamanho
O Homem furadeira
Seja um paranormal
Mulheres caçadoras
Sereias a caça
Propaganda enganosa
Mordida de amor
Me chama de lagartixa
Homem casado
Homem isolado
Grande encontro
Garota mal humorada

Serviço

Árvore
Bolsa Dolar Euros outros
Carta ao Leitor
Ciência
Culinária
Desaparecidos
Descobrimento do Brasil
Emissoras de Rádios
Endereços Úteis
Historia do Brasil
Globalização
Lixo Recicle
Mandamentos
Mapa do Brasil
Meio ambiente
Mulher
Musicas
Paises
Plantas Medicinais
Piadas
Política
Olimpíadas
Sexo
Sites
Truques do amor
Vídeos
Nossa Historia

Noticias

Noticias Gerais
Aquecimento global
Ciência
Cidades
Cotidiano
Destaque
Dinossauros
Educação
Esportes
Especial
Economia
Internet
Mundo
Política
Meio Ambiente
Saúde
Super gatas
Tecnologia
Turismo
Vida Animal

Meio Ambiente

O que é Meio Ambiente

Declaração do Ambiente
Aqüíferos
Água o liquido precioso
Anfíbios
Arvores
Animais Pré-histórico
Animais em extinção
Aves
Baleias  ancestrais
Cães
Celenterados ou Cnidários
Cobras
Crustáceos
Donativos voluntários
Equinodermos
Gatos
Grandes Felinos
Insetos
Macacos
Mamíferos em geral
Moluscos
Oceanos e Rios
Peixes água doce
Peixes água salgada
Poríferos
Protozoários
Répteis em geral
Tartarugas
Vídeos de Animais

 

Transforme sua Cidade em um paraíso

 

 
 

 

 

   

Anunciar no Ache Tudo e Região é retorno garantido.

 

Sutis hematomas de amor
 Por Ciro Pessoa

Foi um grande, intenso e conturbado amor. Parece que acabou. Nunca se sabe. Ela tinha várias qualidades: escolhia bons filmes, fazia amor de forma enlouquecedora, sabia olhar o cardápio e ir direto ao melhor prato, tinha um senso de humor aguçado e inteligente, uma beleza que, para mim, era equivalente à das deusas mais sublimes e... um pequeno defeito: mania de me morder quando brigávamos.

Sim, ela era especialista em mordidas. Nosso romance acabou há mais de um ano e meio e lá estão as marcas de sua boca cravadas em várias partes do meu corpo. Foram dois anos de mordidas. Que foram ficando cada vez mais impiedosas e violentas. O motivo? Brigas de casal. Os mesmos e velhos motivos que todos sabem: ciúme, insatisfação com a carreira, discussões sobre que rumo dar ao relacionamento, etc.

Lembro-me, com clareza, da sua primeira mordida. Tínhamos ido a um restaurante. Como ela estava especialmente briguenta, resolvi dar uma volta a pé e sugeri que nos encontrássemos em casa depois. Por que eu fui fazer essa proposta num dia em que ela estava pronta para subir ao ringue? Não sei. Vacilo. Desatenção. Falta de diplomacia.

Ainda consegui caminhar alguns metros na rua. Eu diria que foi uma de suas mais profundas e doloridas mordidas. Ela conseguiu, até hoje não entendendo como, cravar seus dentes na pele que circunda a minha cavidade nasal. É claro que revidei, movido pelo mais puro instinto de defesa, com violência. E se não saísse correndo, ela teria arrancado um pedaço do meu nariz. Ou quem sabe o nariz todo.

Com o tempo vieram outras. Como aquela histórica no meu mamilo direito. Ou aquela em que ela tentou arrancar um pedaço da minha mão. Agora, a mais espetacular, e que guardo no corpo como o mais importante troféu-hematoma que recebi, foi uma portentosa e profunda mordida que ela me tascou na altura da nuca. Como conseguia, sendo bem mais baixa do que eu, não faço a menor idéia.

Ela tinha o dom. Sabia morder. Algo nato, entende? Do qual, sinceramente, não sentirei a menor saudade. Ao contrário dos momentos em que passamos juntos. Um amor que ninguém jamais entenderá. A não ser nós dois. Foi, de longe, a mulher que mais amei em toda a minha vida. Como é estranho o amor.

 Ciro Pessoa saiu dessa transa mais mastigado do que um chiclete



 

Opine pela inteligência  ( "PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA")

 

 

 

 

 

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região 
 
 
 

 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 01 março, 2017. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Privacidade e Segurança) Melhor visualizado em 1280x800