Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Dinossauros Anuncie Noticias Fale Conosco
  CELENTERADO  
Noticias
   


Procure por ordem alfabética


A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Z


Celenterados ou Cnidários, Equinodermos, Poríferos e Protozoários


Coelenterata, frequentemente aportuguesado para celenterados, é a denominação de um grupo taxonômico atualmente obsoleto, mas que embora sem uso nas classificações modernas continue a ser frequentemente utilizado na linguagem corrente.

O táxon inicialmente compreendia os grupos Cnidários e Ctenophora, que se consideravam diblásticos e radiados. Depois, os Ctenophora foram separados e o termo passou a utilizar-se como sinónimo de Cnidária, mas nas classificações modernas o termo foi abandonado em favor de Cnidária. O nome procede do grego koilos, "oco", referindo-se à sua cavidade interna, e de enteron, "intestino". Esta cavidade interna é o celêntero ou cavidade gastrovascular.

Filogenética

A partir de 1866 foi proposto que Cnidário e Ctenophora estavam mais relacionados entre si que com os animais bilaterais (Bilatéria) e formou-se com eles o grupo dos Coelenterata. Em 1881 foi proposto que Ctenophora e Bilatéria eram grupos próximos, mas as análises recentes não confirmam essa ideia e pelo contrário indicam que é a Cnidária os que estavam mais próximos aos bilaterais.



A estrutura diblástica e a presença de uma única abertura corporal e cavidade levou a acreditar que os cnidários e os ctenóforos estavam relacionados. Sabe-se agora que a estrutura embrionária de ctenóforos e cnidários não está relacionada e não existem outros dados que demostrem que ambos os grupos partilham um antepassado comum único.


O consenso atual explica as óbvias semelhanças entre Ctenophora e Cnidária (a forma medusoide) por convergência evolutiva resultante da adaptação dos dois grupos à vida pelágica. Os ctenóforos bentônicos não apresentam qualquer semelhança com os pólipos. Os ctenóforos não apresentam o ciclo de vida mutagênico nem os cnidoblastos característicos dos cnidários, mas têm colo blastos. Em face de essas diferenças, as análises filogenéticas indicam que Ctenophora e Cnidária são grupos separados.

Por outro lado, a posição dos Ctenophora dentro do reino animal foi debatida durante longo tempo e ainda não está de todo clara, tendo sido proposto que são um ramo paralelo à Bilatéria e à Cnidária, paralelo à Cnidária, Placozoa e Bilatéria ou paralelo a todos os restantes filos animais.

Em consequência, Cnidária e Ctenophora consideram-se filos separados, e o termo Coelenterata englobando ambos considera-se parafilético e taxonomicamente inválido. Celenterado como sinónimo de cnidário ainda continua a ser utilizado na literatura, mas como termo taxonômico deve usar-se exclusivamente Cnidário.

Para complicar esta questão, um trabalho de 1997 de Lynn Margulis (revendo um modelo prévio de Thomas Cavalier-Smith) situa Cnidário e Ctenophora isolados no ramo dos Radiata do sub-reino Eumetazoa. Os Eumetazoa incluem todos os animais exceto a Porífera (esponjas), Trichoplax e os ainda pouco compreendidos Mesozoa. Nenhum agrupamento é universalmente aceite para estes animais.


Referencia:
Wikip��������dia
Ache Tudo e Região









  Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.




Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região

PUBLICIDADE
 


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. (Declaração de Privacidade). Revisado em: 13 julho, 2015. Melhor visualizado em 1280x800 pixel