Pesquisar

Meio Ambiente

Endereços úteis

Anuncie

Bate Papo

HOME

Lixo Recicle Classificados Astronomia Desaparecidos Noticias Fale Conosco

Área de Serviço

Abolição da Escravatura
Guerra de Canudos
Balaiada
Guerra do Paraguai
Índios Brasileiros
Bandeirantes
Ditadura
Imigração no Brasil
Invasão Holandesa
Brasil Colônia
Escravidão no Brasil
Guerra dos Emboabas
Proclamação da República
Brasil República Era Vargas
Guerra dos Farrapos
Quilombos
Documentos  do Brasil
Abertura dos Portos

Pero Vaz de Caminha

Estado Novo Dia do Fico
Cabanagem
Coluna Prestes

Guerra dos Farrapos

Proclamação da República
Pau Brasil
Canudos
Conjuração Baiana
Lei Áurea Pau Brasil
Lei do Ventre Livre

Carta

Como surgiu o nome Brasil
historia do Brasil
História do Açúcar Brasileiro
Como hastear bandeira
Cruzeiro do Sul
Moedas do Brasil e Mundo
Descobrimento do Brasil
7 de Setembro
Independência do Brasil
Migrações no Brasil
Mapa do Brasil
Bandeiras do Brasil
Hinos Nacionais
Historia do Brasil
O Tratado de Tordesilhas
Etnia
Significado Cruzeiro do Sul
O porquê de 19/11/ 1889
Patriotismo
Corrupção
O Motivo das Navegações
Portuguesas
Expedição às Índias
A Escola de Sagres
Tratado de Tordesilhas
Pedro Álvares Cabral
O Cientista da Viajem
A Partida
Terra à Vista
A Chegada
O Retorno
O Descaso com o Brasil
Capitanias Hereditárias
O Domínio Espanhol
Cronologia
Duque de Caxias
Tiradentes

Serviço

Árvore
Bolsa Dolar Euros outros
Carta ao Leitor
Ciência
Culinária
Desaparecidos
Descobrimento do Brasil
Emissoras de Rádios
Endereços Úteis
Historia do Brasil
Globalização
Lixo Recicle
Mandamentos
Mapa do Brasil
Meio ambiente
Mulher
Musicas
Paises
Plantas Medicinais
Piadas
Política
Olimpíadas
Sexo
Sites de Busca
Truques do amor
Vídeos
Nossa Historia

Serviços

Agricultura orgânica
Biomas do Brasil
Classificação Ecológica
Ecossistemas Brasileiros
Historia do Naturismo
Leis Ambientais
Lista de Rios do Brasil
Mata Ciliar
Novas Leis Ambientais
Reciclagem de Lixo
Órgãos Governamentais
Galápagos
Engenharia Ambiental
Plantas medicinais
O que é Hidroponia
Planeta das Águas
Serra da Capivara
Sítios Arqueológicos
Os Índios
Erosão Eólica
Soja Trangênica
Solo
espécie encontradas
Uma Viagem a África
Tsunami
Árvore
Carta ao Leitor
Ciência
Culinária
Desaparecidos
Descobrimento do Brasil
Emissoras de Rádios
Endereços Úteis
Lixo Recicle
Mandamentos
Mapa do Brasil
Meio ambiente
Mulher
Paises
Plantas Medicinais
Piadas
Olimpíadas
Sites de Busca
Truques do amor

Meio Ambiente

O que é Meio Ambiente

Declaração do Ambiente
Aqüíferos
Água o liquido precioso
Anfíbios
Arvores
Animais Pré-histórico
Animais em extinção
Aves
Baleias  ancestrais
Cães
Celenterados ou Cnidários
Cobras
Crustáceos
Donativos voluntários
Equinodermos
Gatos
Grandes Felinos
Insetos
Macacos
Mamíferos em geral
Moluscos
Oceanos e Rios
Peixes água doce
Peixes água salgada
Poríferos
Protozoários
Répteis em geral
Tartarugas
Vídeos de Animais

 

Transforme sua Cidade em um paraíso

 

 
 

NAVEGAÇÃO PORTUGUESAS

 

 

   

Anunciar no Ache Tudo e Região é retorno garantido.

 

Motivos das Navegações Portuguesas

 

Portugal logo percebeu que o seu futuro não estava no comércio terrestre, obstruído pela Espanha - em luta contra os árabes e governada por um inimigo, o Mediter- râneo se achava inteiramente dominado pêlos italianos (venezianos e genoveses), que monopolizam o comércio das especiarias com os árabes, ampliando sempre mais suas rotas marítimas e terrestres, na distribuição dos produtos orientais. Os portos lusitanos, entre os quais Sagres, Lisboa e Porto, simplesmente tornava-se escala importantes das expedições marítimas quer realizam o tráfico das especiarias orientais entre o Mediterrâneo e o Norte da Europa.

 

Para Portugal só restavam os caminhos do mar. Somente vencendo a barreira do Atlântico poderia expandir seu comércio.

 



A saída natural para o avanço do comércio marítimo lusitano seria a exploração da Costa Africana mais próxima, onde se encontravam algumas cidades árabes de importância comercial, entre as quais sobressai a cidade de Ceuta, cidade do norte africano, em frente a Gibraltar, seria o primeiro trampolim: abriria aos portugueses as portas do Mediterrâneo.
Em 1415, Ceuta foi vencida, Tânger, Arzila e Alcácer, novas conquistas portuguesa no litoral africano. Sua importância comercial era o marfim, ouro e escravo. Mas a África era apenas o começo. A verdadeira riqueza estava nas Índias, de onde vinham, além de ri-cas sedas e brocados, as especiarias: pimenta, canela, cravo, gengibre, noz-moscada, essenciais para o sabor e conservação dos alimentos. Tudo isso rendia um bom dinheiro aos mercadores árabes que as forneciam e às cidades italianas que as negociavam com o resto da Europa.

 


Em 1453, os turcos penetram na Europa, tomam Constantinopla, e avançam até Alexandria e bloqueiam todo o comércio das especiarias, com o rompimento das linhas de abastecimento, surgi a crise no mercado europeu. Impõe-se, com urgência descobrir um novo caminho para o Oriente.
Para dominar esse rico mercado das especiarias e eliminar os intermediários muçulmanos, passa a ser o grande alvo da expansão marítima portuguesa. E o jeito era descobrir um caminho direto para chegar as Índias.


 

 

Opine pela inteligência  ( "PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA")

 

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região 
 
 
 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 26 novembro, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Privacidade e Segurança) Melhor visualizado em 1024x768