Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Dinossauros Anuncie Noticias Fale Conosco
  MANUAL DA AMAMENTAÇÃO  
Veja Noticias
   
 


A amamentação é um dos fatores principais a saúde dos filhos. Quanto mais tempo a criança for amamentada, mais resistente a doença ele fica.

 

 

Mãe e Bebê beijando

 

Bebê mamando

 
 
 
 

 

Por que amamentar?

Um dos principais benefícios para a mãe que amamenta seu bebê é a completa sensação de bem-estar que deriva desta experiência.

Ao falarem de suas experiências com a amamentação, as mulheres enfatizam como se sentiram completas e felizes emocional, física e intelectualmente por amamentar seus filhos. Uma das grandes provas disso é que a mãe que amamentou um bebê irá quase certamente amamentar o próximo filho.

O par “mãe/bebê” desenvolve um relacionamento interdependente e muito especial. Decorrente desta relação simbiótica tão única, muitas mulheres definem este período como sendo um dos tempos mais completos de suas vidas.

Finalmente, conhecendo os inúmeros benefícios para a saúde que a amamentação confere, tanto para a mãe como para o bebê, a decisão para amamentar é a melhor possível para a mãe e seu bebê.

Amamentar: Todas as mães estão aptas?

A princípio, todas as mães estão aptas a amamentar seus bebês. A maior parte das mulheres pode amamentar, a despeito do tamanho ou do formato dos seios. No início, a amamentação ao seio pode ser dolorosa e difícil, mas a maioria das mulheres se acostuma logo, especialmente se contar com a ajuda de profissionais de saúde. Muitas mulheres não se atraem pela idéia de amamentar, mas terminam por aceitar quando finalmente pegam o bebê no colo. Se não estiver segura, pense ao menos em tentar: sempre será possível passar para a mamadeira, caso a tentativa realmente não funcione. Lembre-se que é muito mais difícil para o bebe passar da mamadeira para o seio e talvez não haja outra oportunidade se você não tentar desde o início.

Mesmo que você pretenda voltar a trabalhar logo após o parto, vale a pena começar a amamentação ao seio. O leite materno é mais vantajoso para o bebê e, particularmente nos primeiros meses de vida, transmite maior imunidade e nutrientes mais adequados.

Caso você tenha se submetido a cirurgia de redução ou aumento das mamas, você poderá amamentar dependendo do tipo de cirurgia realizada. Nos anos mais recentes, as técnicas utilizadas procuram manter os ductos condutores do leite íntegros. Se você está na dúvida, vá em frente e tente amamentar de qualquer maneira. Não irá prejudicar seu bebê. A lactação pode ocorrer normalmente, e se não der certo, você poderá complementar a mamada com outro leite. Aguarde e verifique as mamadas, o ganho de peso e converse com o profissional que está cuidando de vocês.

As contra-indicações de fornecer o leite da própria mãe para o bebê são poucas. Por exemplo, se a mãe é portadora de Aids, ela não deve amamentar pelo risco de transmitir a doença para seu filho.

Outras doenças maternas e/ou suas medicações raramente contraindicam a amamentação. Converse com seu médico para orientação específica.

Vantagens do leite materno para o bebê

O leite materno contém todos os nutrientes que seu bebê necessita, nas quantidades certas.

O leite materno contém inúmeros anticorpos e outros fatores de proteção que ajudam a combater infecções. Sabe-se que os bebês amamentados ao seio têm menos chance de contrair infecções respiratórias e de ouvido, gastrenterite, diabetes, doença de Crohn, doenças auto-imunes, obesidade, entre outros problemas.

O leite materno é de fácil digestão e provoca menos problemas digestivos, diarréia e constipação.

Toda criança nasce com o sistema imune imaturo, o intestino desprovido de bifidobactérias, o estômago com a função de excluir os agentes infecciosos ainda insuficiente e suscetível às infecções. A natureza desenvolveu mecanismos de proteção adaptativa, e dentre eles estão o colostro e o leite humano, que possuem vários agentes protetores.

O leite humano é rico em anticorpos, que são proteínas que protegem as mucosas da criança (boca, intestinos, pulmão, rins e vias urinárias) contra toxinas, microrganismos (vírus e bactérias) e outros agentes potencialmente perigosos. Estes anticorpos são dirigidos a inúmeros microrganismos, com os quais a mãe entrou em contato durante toda a sua vida, representando uma “memória” do seu repertório imunológico que passa para o filho, protegendo-o principalmente de diarréia, doenças respiratórias e urinárias.

Outros tipos de elementos de defesa são as enzimas, como lactoferrina e lisozima e as gorduras do leite humano, que são ativas contra vírus, bactérias, fungos e parasitas. Além disso, temos os prebióticos, que são ingredientes não digeríveis que atuam de forma benéfica no organismo, estimulando seletivamente o crescimento das bactérias benéficas no intestino, melhorando a saúde. O leite materno contém um tipo de carboidrato não digerível (oligossacarídeo) que atua como prebiótico e é considerado o terceiro maior componente do

Vantagens do leite materno para a mãe

A amamentação acelera o processo do retorno do útero ao tamanho normal e pode ajudá-la a perder o peso que você adquiriu na gravidez.

A amamentação pode reduzir o risco de câncer de mama para a mulher.

Cuidados com o seio antes do par to

Uma das primeiras e mais surpreendentes alterações do corpo durante a gestação ocorre nos seios. Cuidados especiais durante a gestação ajudarão a prepará-los para a amamentação e para aliviar algum desconforto que você possa sentir.

Use sutiã especial durante toda a gravidez. Mantenha os seios adequadamente apoiados, sempre respeitando o aumento de volume. Se seus seios forem grandes, durma de sutiã.

A pele dos seios e da barriga está sendo muito estirada e como resultado pode coçar e ficar muito seca. Mantenha a pele macia e sem irritações. Faça massagens nos seios e na barriga para aumentar a elasticidade da pele. Manteiga de cacau e óleo de amêndoas, óleos com vitamina E são eficazes para hidratar a pele. Evite hidratar os mamilos – se ficarem muito macios e úmidos podem doer. Caso sinta desconforto nos mamilos, exponha-os ao ar, ocasionalmente, quando estiver em casa.

Dor nos mamilos e ingurgitamento são comuns nos primeiros dias após o parto. Caso seus mamilos sejam planos ou invertidos, procure orientação sobre a posição que você deve colocar seu bebê. Talvez você precise de um intermediário de silicone para amamentá-lo. Mas não deixe que estes problemas a desencorajem de amamentar. Amamentar o bebê quando ele pede e colocá-lo na posição correta podem ajudar a minimizar estes problemas.

leite materno, com teores similares aos teores protéicos. Os prebióticos promovem o predomínio de bactérias benéficas no intestino, como as bifidobactérias. O benefício destas bactérias é que estas têm sido associadas a efeitos protetores à saúde dos bebês. Portanto, podemos afirmar que os prebióticos exercem um papel importante no fortalecimento do sistema imunológico dos recém-nascidos.

O colostro humano também possui glóbulos brancos derivados do sangue materno e que têm capacidade de proteger a criança contra a ação de bactérias.

Além disso, o leite humano está relacionado a uma menor incidência de processos alérgicos, como eczema atópico, alergia alimentar e respiratória.

O leite humano representa, portanto, um verdadeiro “suplemento” imunológico durante o período de imaturidade do recém-nascido e da criança nos primeiros meses de vida.

Colostro

Os seios começam a secretar um líquido claro ou amarelado a partir da 22ª semana de gestação, que se intensifica nos primeiros dois ou três dias após o parto, e é chamado de colostro. É o primeiro alimento do bebê antes que o leite propriamente dito seja produzido. Embora sua quantidade seja pequena, trata-se de um alimento único e valioso porque é muito rico em nutrientes e anticorpos que irão proteger seu bebê de processos infecciosos. Em comparação com o leite maduro, contém uma maior quantidade de proteínas, minerais e gorduras, que correspondem ao que seu bebê necessita nos primeiros dias de vida.

O colostro funciona ainda como laxante, limpando os intestinos do mecônio (as primeiras fezes verde-escuras que o bebê elimina). Mesmo que você não esteja animada a amamentar por muito tempo, vale a pena proporcionar ao bebê o valioso colostro dos primeiros dias.

 



  Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 
 
 
 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 23 outubro, 2015. Melhor visualizado em 1280x800 pixel