-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
  PRADARIAS  
NOTICIAS
   
 


O termo pradaria ou campo engloba ambientes abertos que diferem muito um com o outro: as estepes da Sibéria ocidental, as grandes planícies da América do Norte, as savanas da Índia e da África, os pampas da América do Sul, os cerrados do Brasil, e mesmo áreas florestadas que foram derrubadas para agricultura ou pastoreio.

Todos esses campos são cobertos por gramíneas e outras plantas adaptadas as chuvas irregulares, como na Europa e na América do Norte, ou a chuvas estacionais, como as chuvas das monções na Ásia e as chuvas de inverno na África.

O verão nos campos da Índia e da África é tão seco que o nível de água chega a reduzir-se a zero durante os meses de junho e julho, secando completamente pequenos reservatórios de água naturais. (No sul da Europa os meses de julho e agosto formam um período de seca durante o qual ocorrem muito incêndios florestais).

 Os tornados na África e os ventos das moções iniciam violentamente a estação chuvosa nessas regiões, fazendo com que a vegetação brote rapidamente; a savana africana, por exemplo, fica verde em poucas horas. O engrossamento rápido dos rios significa vida nova para a flora e a fauna dessas regiões.

Embora poucas espécies animais possam viver apenas de gramíneas, o número de animais dessas espécies pode ser bastante grande. Assim, por exemplo, as pradarias da América do Norte abrigavam milhões de búfalos, antilocapras e cães das pradarias (toupeiras).

A savana africana, por outro lado, com suas moitas de arbustos pode alimentar espécies cujas dietas variam muito. A girafa se alimenta das folhas que ficam bem afastadas do chão; o antílope come a casca e os brotos das árvores; o javali escava o chão para conseguir seu alimento. a população de herbívoros é mantida em nível constante pelos predadores: grandes felinos, membros da família dos canídeos, cobras e aves de rapina.

O equilíbrio ecológico, porém, tem sido rompido de várias maneiras: o pastoreio excessivo de gado doméstico, na África oriental e ocidental; a introdução do cultivo de amendoim intensificou a seca na região de Sahel, no Senegal; e, em menos de cem anos, três quartas partes das pradarias da América do Norte desapareceram, dando lugar a campos de trigo e de milho ou à construção de cidades. Na África, a savana primitiva hoje existe apenas nas grandes reservas animais do Quênia e da África do Sul.



  Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 19 janeiro, 2017. Melhor visualizado em 1280x800 pixel