Pesquisar

Animais e Meio Ambiente

Endereços úteis

sAnuncie

Bate Papo

HOME

Lixo Recicle Emprego Astronomia Desaparecidos Noticias Fale Conosco
 
 

Boldo

 
Voltar

 

   

Anunciar no Ache Tudo e Região é certo que será visto.

 

Medicinal Boldo
Facilita a digestão e trata de distúrbios biliares; diurético; diminui o reflexo de blefarospasmo (tique de piscar o olho). Popularmente também é utilizado para icterícia.
Infuso: 2 gramas de folha em 100 ml de água frevente por 20 minutos. Tomar três vezes ao dia, antes das refeições
Cosmética
Tratamento de 1 semana ingerindo maceração de boldo, dá realce especial à pele, acabando com cansaço da pele.
Maceração: Colocar duas folhas de boldo em 1 copo de água filtrada ou mineral à noite e tomar pela manhã. Preparar outra dose para tomar à noite.

alcachofra


Efeitos colaterais: Em caso de overdose pode provocar vômitos

Nome Científico: Vernonia condensata Baker

Família: Asteraceae

Sinonímias Botânicos: Vernonia bahiensis Toledo

Nomes Populares:

 Boldo Chinês, Boldo Japonês em Pernambuco;
 Alcachofra no Ceará;
Boldo Bahiano, Árvore do Pinguço em S. Paulo;
Boldo Goiano em Minas Gerais;
Carriconde, et al 1995 in Silva, E.B. da (1997).

Origem: Regiões do Mediterrâneo, sendo cultivada em todo sul da Europa, na Ásia Menor e ainda, na América do Sul e principalmente no Brasil.

Características Botânicas:

Arbusto alto, muito ramificado, atingindo até 5m de altura;
Folhas alternas, alongadas ou lanceoladas;
Flores esbranquiçadas, reunidas em capítulos terminais, apresentando crescimento rápido (Carriconde et al., 1996).

Comentários:

Considerada durante muito tempo como uma hortaliça rara, é hoje abundantemente cultivada nas regiões Atlânticas com invernos suaves.Plantas de origem africana, adaptou-se bem aos climas quentes do Brasil; encontrada nas regiões do Nordeste (desde o Ceará até a Bahia), Centro-Oeste e Sudeste, estendendo-se até o Paraná;
A alcachofra não é só uma planta alimentícia indicada para os diabéticos, mas também uma importante erva medicinal que recebeu dos médicos árabes medievais o nome de al – Kharsaf.
O nome genérico Cynara vem do latim canina, que se refere à semelhança dos espinhos que a envolvem com os dentes de um cachorro.

A parte empregada é a folha. Possui carboidratos (sacarose, frutose e ácido clorogênico). As folhas contém substâncias que apresentam atividades analgésicas, não apresentando efeito colateral e foi observada leve atividade sedativa, que parece estar disssociada da ação analgésica, como também atividades bactericida e fungicida, ainda não especificadas;

No gênero Vernônia muitas espécies contém substâncias tipo sesquiterpenolactonas. Possivelmente algumas destas substâncias podem ser observadas na espécie V. condensata. São ricas em saponinas principalmente nas entrecascas dos ramos; informação confirmada em testes realizados em Recife, nos laboratórios da UFPE (Carriconde, et al, 1995);

As propriedades terapêuticas desta planta são:

Analgésicas;
Anti-ulcerogênica;
Antibacteriana;
Antifúngica;
Colagoga/colérica;
Carminativa;

O sabor amargo auxilia no estímulo das funções hepáticas e vesiculares, melhorando a atividade estomacal, por isso chamada digestiva. Nenhuma ação tóxica foi encontrada na literatura consultada (Carriconde, et al, 1995 in Silva, E. B. da (1997).

Composição Química:

Carboidratos – sacarose, frutose e ácido clorogênico;
Sesquiterpeno – lactonas;
Saponinas – plantas africanas do gênero Vernonia são ricas em Saponinas, principalmente nas entrecascas dos ramos (testes rápidos realizados com Vernonia condensata, em Recife nos laboratórios da UFPE ).
 

Uso:
Fitoterápico
-Colagoga, colerética, depurativa, diurética, laxativa, hipoglicemiante, reduz a taxa de uréia, reduz o colesterol sangüíneo.
-É indicado: anemia, anúria, aterosclerose, cálculos da bexiga, para favorecer a secreção da bile, bócio exoftálmico.
-clorese, colagogo, convalescença, doenças do coração, debilidade geral, diabete melito, diarréia, dispepsia, diurese, escrofulose, febre, doenças do fígado.
-gota, hemofilia, hemorróidas, hidropisia, hipertensão arterial, hipertireoidismo, ictéria, inflamação em geral, malária, nefrolitíase, obesidade, pneumonia, doenças dos pulmões.
-raquitismo, cálculos nos rins, doenças nos rins, sífilis, tosse, toxemia, uremia, uretrite, doenças urinárias.

Farmacologia


Supõe-se que a cinarina seja a principal responsável pelas atividades colagoga e colerética da droga, provocando o aumento da secreção biliar.
O amargo (cinaropicrina) aumenta a secreção gástrica e sua acidez.
A cinarina (derivado da luteolina) abaixa a taxa de colesterol de maneira significativa através de uma estimulação metabólica enzimática. É utilizada para casos de hiperlipidemia e ateromatose interior dos tecidos adipóides.
A alcachofra não dissolve os cálculos biliares, mas diminui as cólicas, exercendo um efeito preventivo nas pessoas predispostas a desenvolverem litiase. O incremento da eficiência metabólica o fígado deve-se aos componentes polifenóicos que provocam a diminuição plasmática do colesterol.
A cinarina possui propriedades antihepatotóxicas, estimulando a função

 

 

 

 

 

Opine pela inteligência  ( "PLANTE UMA ÁRVORE NATIVA")

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

 

 
 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 23 outubro, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Privacidade e Segurança) Melhor visualizado em 1024x768