Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Dinossauros Anuncie Noticias Fale Conosco
  SEXO ORAL  
   


Sexo oral consiste em toda a atividade sexual onde ocorre estímulo dos genitais com a boca, a língua e possivelmente com a garganta. Quando é feito no homem normalmente é chamada felação/Fellatio e quando é feito na mulher se chama cunilíngua/Cunnilingus. Pode ser realizado como preliminares antes do acto sexual, assim como o climax de um acto sexual, durante ou depois do acto Sexual.

 

Pode ser por vezes realizado com a exclusão de todos as outras formas da actividade sexual. No sexo oral, pode ou não ser incluída a ingestão ou absorção do sêmen ou a ereção da vagina. Apresenta risco de transmissão de HIV, e de outros agentes infecciosos, em especial do papilomavírus humano, que aumenta consideravelmente as chances de câncer de garganta . A ingestão destes fluidos sozinha, sem contato físico boca-genitália (por exemplo, o fetiche facial conhecido como bukkake), não é considerada sexo oral.

 


Prática

Uma mulher praticando a felaçãoO sexo oral é praticado em relacionamentos homo e heterossexuais. Em relacionamentos heterossexuais, o sexo oral pode ser um método do Anti-concepcional, tendo em vista que gravidez é inviável desde que o esperma não entre em contato com a vagina.

 

É importante ressalvar que o sexo oral não é um método eficaz de impedir as Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), embora algumas formas de DST se acredite serem menos prontamente transmissíveis dessa maneira. Alguns casais heterossexuais usam o sexo oral como um substituto para o coito durante o ciclo menstrual mulher ou durante a gravidez.

Muitas mulheres que sofrem de anorgasmia podem somente conseguir o orgasmo através do sexo oral e, por isso, preferem-no freqüentemente em vez ou além do sexo vaginal.

Alguns povos não consideram que o sexo oral possa mudar o status da sua virgindade sendo um acto aceitável por algumas pessoas que se auto-identificam como virgens.

Tabu e sexo oral nas mulheres


Tabu para alguns casais, esta forma de sexo é vista por muitas pessoas como uma prática anti-higiênica. Mas, tomados os devidos cuidados de higiene, o órgão sexual é tão limpo e sadio quanto outras partes do corpo. Como em qualquer prática sexual, o sexo oral é mais prazeroso quando as duas pessoas compartilham do mesmo desejo de praticá-lo.

Ao contrário também do que muitos casais pensam, o sexo oral é uma das formas mais prazerosas de se chegar ao orgasmo, muitas vezes causando um gozo muito mais intenso do que qualquer outra forma de estimulação sexual, inclusive o sexo vaginal, ou o friccionamento das púbis em busca do orgasmo.

 

Isto ocorre principalmente na mulher, que possui as áreas erógenas mais sensíveis do que as do homem, quando estimuladas com a língua ou boca. Muitas afirmam que o fato de a língua do(a) parceiro(a) ser constantemente "úmida e quente", adicionadas as cócegas prazerosas causadas pela estimulação clitóris/língua, causa uma sensação de prazer enorme, muitas vezes levando-as a até mesmo pressionar a cabeça do(a) parceiro(a) contra a vagina, de modo que possa conseguir ainda mais prazer, quase extremo. É comum, devido à enorme excitação, que a mulher mexa o púbis, como se "esfregasse", a vagina na língua do(a) parceiro(a), o que acontece, geralmente, momentos antes do gozo.

 

Muitas mulheres chegam a liberar um fluido vaginal, semelhante ao do orgasmo do Ponto G. Acredita-se que é esse fluido o grande causador de tamanhos orgasmos. Porém, acredita-se também que esse líquido nada tem a ver com esse ponto, uma vez que para se liberar o mesmo, é necessário estimulação interna, através da penetração com os dedos, pênis, ou qualquer outro material que caiba no interior da vagina e estimule o local correto. Pode-se, porém, afirmar com quase total certeza, que trata-se do mesmo líquido produzido quando a mulher entra em estado de excitação, mas produzido em grande quantidade, devido a uma estimulação mais intensa.


 

Esse líquido, conhecido vulgarmente pelos homens (ou mesmo mulheres.) como "mel" ou "suco", é, muitas vezes, visto pelo(a) parceiro(a) como algo altamente excitante, onde ocorre a proposital ingestão do mesmo durante o ato sexual oral. Já para outros, trata-se de falta de higiene, porém vale ressaltar que, quando não há constatação de nenhuma DST, esse líquido é completamente saudável e higiênico, não havendo perigo de contaminação, podendo ser ingerido seguramente.

Um relatório feito em setembro de 2005 pelo National Center for Health Statistics que foi base da introdução de uma reportagem feita em 26 de setembro de 2005 na revista Time. O relatório traz resultados de um inquérito com 12.000 americanos entre os idades de 15 e de 44 anos, e indica que mais da metade dos adolescentes entrevistados já praticaram sexo oral.


Algumas manchetes interpretaram, na época que estas evidências como que se o sexo oral entre adolescente estivesse “em ascensão”, entretanto este foi o primeiro estudo detalhado deste tipo para examinar esta matéria.

69

sessenta e noveA posição 69 (sessenta e nove) é uma posição de sexo oral onde dois parceiros promovem as estimulação oral mutuamente, os parceiros se posicionam paralelamente, mas em sentidos opostos (com a cabeça em direção ao pé do seu parceiro). O nome desta posição tem como referência a forma gráfica do 6 ser o inverso do 9.

 

fonte: wikipedia




Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região

PUBLICIDADE
 


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal em seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. (Politica de Privacidade). Revisado em: 29 abril, 2015. Melhor visualizado em 1280x800 pixel