-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
   
Ouças boas musicas
   


USA - Donald Trump 'não está apto para governar', diz Brigitte Bardot

Brigitte Bardot denunciou nesta sexta-feira (17) a decisão de Washington de voltar a autorizar a importação de troféus de caça de elefantes abatidos no Zimbábue e em uma carta dirigida ao presidente americano afirmou que Donald Trump "não está apto para governar".



"Nenhum déspota no mundo pode atribuir a si a responsabilidade de matar espécies antigas e que fazem parte da herança mundial da humanidade", escreveu a ex-atriz francesa um dia depois do anúncio da agência federal a cargo dos temas de caça e pesca.

O Serviço de Pesca e Fauna Selvagem (USFWS) informou nesta quinta-feira que "emitirá licenças para importar troféus de elefantes caçados com fins recreativos no Zimbábue de 21 de janeiro de 2016 até 31 de dezembro de 2018", gerando uma onda de críticas de organizações ambientalistas e de proteção animal.

"O elefante é um animal único, mágico, sagrado, venerado e protegido. Suas ações vergonhosas confirmam os boatos que dizem que você não está apto para governar", escreveu a ativista defensora dos animais, de 83 anos, que denunciou uma "lei assassina".

De acordo com a organização Great Elephant Census, o número de elefantes diminuiu 30% entre 2007 e 2014 na África, e especificamente no Zimbábue caiu 6%.

Em abril, a presidente e fundadora da Fundação Bardot denunciou uma lei promulgada por Trump que autoriza a caça nas reservas protegidas do Alasca.

Por meio do Twitter exigiu que o presidente americano volte atrás "nesta decisão absurda que é um crime da humanidade contra a natureza".

"Mais uma vez mostra o seu desprezo com a necessidade essencial de preservar a natureza, defender a biodiversidade", escreveu na época.

(Com conteudo de AFP)

Trump volta atrás e suspende importação de “troféus de caça”

Donald Trump mudou de ideia. Diante de uma enxurrada de críticas, o presidente dos EUA resolveu suspender na sexta-feira à noite (17/11) a autorização para que "troféus de caça” de elefantes abatidos na África pudessem ser importados por caçadores americanos.

O anúncio foi feito pelo próprio presidente em sua conta no Twitter, e ocorreu menos de 48 horas depois de seu próprio governo ter concedido a autorização, que revertia uma política do ex-presidente Barack Obama adotada em 2014 para conter o tráfico de marfim. Trump afirmou que pretende suspender a autorização para a importação até analisar o assunto. "Coloquei a caça em espera enquanto reviso todos os aspectos de conservação”, disse o presidente.

O fim da proibição da importação permitiria que cabeças de elefantes, presas de marfim e outras partes dos animais chegassem legalmente aos EUA. O anúncio original que concedia a autorização foi divulgado na quinta-feira (16/11) e partiu da US Fish and Wildlife Service (USFWS), uma das agências do governo americano.

Um comunicado da agência disse que "a caça esportiva legalizada e regulada como parte de uma administração consistente pode beneficiar a conservação de certas espécies ao prover incentivos às comunidades locais".

Mas a medida imediatamente provocou repúdio entre ambientalistas e ONGs, já que a população de elefantes vem caindo na África nos últimos anos e os animais constam em listas de espécies ameaçadas de extinção. Entre 2007 e 2014, o número de elefantes no continente registrou queda de 30%.

Membros da base republicana de Trump também criticaram a medida. O deputado Ed Royce, um membro do Comitê de Assuntos Exteriores da Câmara dos Representantes, disse que a autorização era "uma decisão errada num momento errado”. "Os elefantes e outros grandes animais da África são uma ‘moeda de sangue' para as organizações terroristas e estão sendo mortos num ritmo alarmante”, afirmou Royce, em nota.

A atriz francesa Brigitte Bardot, conhecida pelo seu ativismo em defesa dos animais, disse que a autorização mostrava que Trump "não está apto para governar”. "Nenhum déspota no mundo pode atribuir a si a responsabilidade de matar espécies antigas e que fazem parte da herança mundial da humanidade”, escreveu a ex-atriz francesa.



A autorização inicial também fez com que a imprensa americana voltasse a publicar fotos dos filhos do presidente Trump durante um safári na África em 2012. Uma das imagens mostra Donald Trump Jr. Segurando o rabo cortado de um elefante.

Donald Trump Jr. afirmou não ter vergonha de ter praticado matança de centenas de animais em extinção, matar por esporte é uma tradição de família, o pai sendo presidente do país que mais polui e consome o planeta, deseja ansiosamente não só a extinção dos amimais como também a destruição do mundo através de guerras nucleares, a sociedade trabalhadora americana são chamadas de “sacos de banha”, quem manda no país são políticos e empresários ricos, o zé povinho só assiste, não participa, fazem o que querem sempre, quem irá se amotinar contra estes psicopatas assassinos?

Donald Trump conseguiu o que queria, agora passa a ser o homem mais odiado do planeta, cuja perversidade deixou um legado de horrores mostrando ao mundo sua família, sendo considerada uma gang de assassinos cruéis...

(com conteudo de Agencial Internacional)

Não solte fogos, eles causam câncer e atacam o sistema neurológico e psicológico das crianças, matam, maltratam e adoece animais e humanos. Não frequente zoológico, não compre animais adote (1), você consumidor é o culpado pela sua extinção, sem animais e sem florestas não há como sobreviver, só restará deserto...


  'Não estamos sozinhos neste planeta', ou dividimos espaço com outras criaturas ou morreremos, tenha consciência disso. Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.  


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 19 novembro, 2017. Melhor visualizado em 1280x800 pixel