-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
   
Ouças boas musicas
   


JBS da Friboi gravou o presidente Michel Temer dando aval para pagar silêncio de Cunha

Em acordo de delação premiada firmada com a Procuradoria-Geral da República, o dono da JBSJoesley Batista gravou um áudio em que o presidente Michel Temer aparece dando aval para o pagamento de uma mesada ao ex-deputado Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro, segundo informações divulgadas pelo jornal O Globo na tarde desta quarta-feira.

Segundo a reportagem, Temer teria indicado na frente de Joesley o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para solucionar um assunto da J&F (holding que controla a JBS), cujo conteúdo não foi revelado. Depois, Rocha Loures teria sido filmado recebendo uma mala com 500.000 reais enviada por Joesley.


 


Ainda de acordo com o jornal, o empresário teria afirmado a Temer que estava pagando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada para eles ficarem calados. Os dois estão presos — Cunha na Operação Lava Jato; e Funaro na Operação Sépsis. Diante desta afirmação, Temer teria dito: “Tem que manter isso, viu?”.

Aos procuradores, Joesley esclareceu que não foi o presidente que determinou os pagamentos a Cunha e Funaro, mas que ele tinha conhecimento do esquema, cujo objetivo era silencia-los. O áudio teria sido gravado na noite do dia 7 de março, quando Joesley se encontrou com Temer no Palácio do Jaburu. O empresário estava com um gravador no bolso.

Para fechar a delação premiada com a PGR, Joesley Batista se prontificou a entregar áudios e vídeos como prova. Outros seis executivos da empresa também participaram do acordo. Segundo o jornal, eles realizaram ações combinadas com os investigadores, que acompanharam de longe os crimes para conseguir o flagrante.

A delação premiada dos executivos da JBS está nas mãos do ministro do STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte — cabe a ele homologar o acordo. Na última quarta-feira, os irmãos Joesley e Wesley Batista se reuniram com o ministro para dizer que as revelações à procuradoria foram feitas por livre e espontânea vontade, conforme prevê a legislação.

Policia Federal deflagra operação mirando Aécio Neves

Policiais federais cumprem na manhã desta quinta-feira mandado de busca e apreensão em um apartamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Rio de Janeiro, em um desdobramento da operação Lava Jato, segundo a TV Globo.

Imagens da emissora mostraram agentes da PF entrando em um prédio de frente para a praia de Ipanema onde o senador, que também é o presidente do PSDB, tem um apartamento, segundo a Globo.

Carros da Polícia Federal também foram vistos chegando ao Congresso Nacional nesta manhã, acrescentou.

A operação, um desdobramento da Lava Jato, foi deflagrada depois que Aécio foi gravado pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS.

Procurada, a Polícia Federal disse que irá se manifestar “assim que for possível”.




  'Não estamos sozinhos', ou dividimos espaço com outras criaturas ou morremos junto com o planeta, tenha consciência disso. Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 18 maio, 2017. Melhor visualizado em 1280x800 pixel