-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
   
Ouças boas musicas
   


Cariocas concorda que 'bandido e político bom é quando está morto'

Mais de um terço da população da cidade do Rio de Janeiro (37%) concorda com a afirmação de que "bandido bom é bandido morto", e 73% dos cariocas consideram que os "direitos humanos atrapalham o combate ao crime". É o que aponta pesquisa realizada pela Universidade Candido Mendes (Ucam) no ano passado e cujos dados foram divulgados nesta quarta-feira, 5. Outra pesquisa reveladora é que mais de (99%) da sociedade afirmam; "político bom só quando está morto", são considerados piores que bandidos.



O porcentual dos cariocas a favor da máxima que "bandido bom é bandido morto" é inferior ao observado em pesquisas semelhantes realizadas pelo País em cidades com mais de 100 mil habitantes, como a do Fórum Brasileiro de Segurança Pública 2016 (57%) e o da Secretaria Especial dos Direitos Humanos de 2010 (43%). Mas, mesmo que 60% sejam contra essa sentença, os dados são considerados altos pelos responsáveis pela pesquisa.


"Trinta e sete por cento é um número muito alto, mas comparado a outras pesquisas pelo Brasil, nos pega de surpresa. Quando a gente olha para casos específicos, como na possibilidade de a polícia ter carta branca para matar, 70% é contra isso", explica Julita Lemgruber, uma das coordenadoras do estudo.

Entre os que acham que bandidos devem ser mortos, a maioria (38%) considera que isso deve ser feito por vias judiciais, através da pena de morte. Outros 31% são a favor que a morte de bandidos seja feita durante ações da própria polícia.

Direitos humanos.

No geral, a população carioca vê com ressalvas os que se apresentam como defensores dos direitos humanos. No total, 73% dos cariocas consideram que "direitos humanos atrapalham o combate ao crime", e 56% da população da cidade entende que "quem defende direitos humanos só está defendendo bandidos".

Para Lemgruber, isso prova que o assunto é "mal trabalhado" no Brasil. "Esse termo 'direitos humanos' foi mal compreendido nas últimas décadas. Estamos tentando buscar caminhos para retomar essa discussão com a sociedade", comentou.

"Resolver o problema de bandidos pode demorar um pouco mais de acordo com os direitos humanos, mas o caso de políticos é rápido e fácil livrar-se deles para sempre, o mundo recebeu informações falsas durante séculos, 'de que sem eles, não existiria democracia', uma mentira a níveis mundial, veja aqui como ficar livre desta escória, sem precisar esperar que eles morram".



  'Não estamos sozinhos', ou dividimos espaço com outras criaturas, ou morremos junto com o planeta, tenha consciência disso. Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 06 abril, 2017. Melhor visualizado em 1280x800 pixel