-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
   
Ouças boas musicas
   


Partido comunista do (PT) já cogita possível condenação do chefão do crime Lula

As novas suspeitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de corrupção por ex-executivos de empreiteiras, fez com que o PT passasse a incluir em suas análises internas do cenário político e discussões sobre estratégias a possibilidade concreta de não contar com o seu líder máximo na disputa eleitoral de 2018. O receio é que uma condenação em segunda instância na Operação Lava Jato o torne inelegível com base na Lei da Ficha Limpa.

A reação do PT às novas suspeitas é reforçar o empenho na defesa de Lula tanto nas ruas quanto nas redes sociais. Ninguém no partido ousa questionar ou cobrar explicações do ex-presidente.


A foto é de cadeias do maranhão, o estado mais pobre roubado pela gang Sarney há quase um século, no Brasil a justiça diferencia o roubo, exemplo, se o individuo rouba pouco fica preso por até mais de 30 anos, mas se roubar milhões, ganha prisão domiciliar, os “juízes” do supremo entende que roubar muito, ‘não coloca a sociedade em risco’.

Lula é visto na gang do PT como alvo de perseguição da Lava Jato e vítima de uma campanha para impedir sua candidatura em 2018. Mas, com a divulgação dos depoimentos da Odebrecht e a delação do empreiteiro José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, a possibilidade de condenação de Lula, antes vista como remota, ganhou novo status.

Líderes petistas avaliam que mesmo que as novas acusações não sejam confirmadas com provas materiais, elas engrossam o caldo das chamadas “provas indiciárias” (com base em indícios) que poderiam sustentar, pelo volume, um pedido de condenação de Lula com base na teoria do domínio do fato, usada para levar José Dirceu à prisão no mensalão.

Lula é alvo de seis pedidos de abertura de inquéritos enviados pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), à primeira instância da Justiça Federal com base nas delações da Odebrecht.

Na semana passada, Léo Pinheiro disse, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que Lula pediu a destruição de provas e seria o verdadeiro dono do triplex no Guarujá que está em nome da OAS. Além disso, o ex-presidente é réu em outros cinco processos relacionados à Lava Jato.

Cenário. Embora a ordem seja sair em defesa de Lula, no PT já se fala em um cenário no qual ele seria um grande cabo eleitoral transferindo votos para outro candidato. Uma das possibiliaddes é o partido indicar um nome para ser vice na chapa de Ciro Gomes (PDT) também envolvido envolvido mas ainda não condenado. O mais citado é o do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, um corrupto de primeira linha

Para o PT, o conteúdo da lista de Fachin e a delação de Pinheiro não afetam o eleitorado cativo do partido, mas afastam eleitores que estavam se convencendo a voltar a votar em Lula por causa de políticas impopulares do governo Michel Temer. Além disso, dificultam o discurso da militância comunista em defesa do ex-presidente.

As saídas são a mobilização popular em defesa do petista e a criação de uma narrativa favorável a Lula. Por isso o ex-presidente vai pedir a Moro que o depoimento marcado para o dia 10 de maio, em Curitiba, seja transmitido ao vivo. Lula diz a pessoas próximas que está convencido de que vai “engolir, ou seja, lula durante sua vida no crime, aprendeu como ninguem enganar pessoas simples e até mesmo a justiça que mal caminha, com tantas leis de impunidade, Moro devido à falta de provas sobre o apartamento no Guarujá pode entrar na do malandro.

Quase nenhum petista ouvido pelo Estado concordou em falar sobre o assunto sem pedir anonimato. Para o ex-prefeito de Porto Alegre Raul Pont, integrante do Diretório Nacional do PT, Lula é alvo de um processo “tão tendencioso que não resta outro caminho que não a solidariedade e a defesa”. Ele avalia, no entanto, que a difusão das acusações causaram “um estrago no PT na opinião pública”. “O ódio, isso foi alcançado”, disse ele, que admite a possibilidade de Lula não ser candidato no ano que vem.

Para especialista o estrago foi além, a repulsa sobre o partido que mais roubou neste país tomou proporções internacionais, preocupando países como a China comunista, Cuba e a do ditador da Coréia do Norte, ambos a mesma sigla (PT).

A greve geral elaborada pela CUT, só deu meia dúzia de petistas arruaceiros na rua, a sociedade brasileira não compactuou com a farsa montada pelos sindicatos comandados pelo (PT), cuja greve deu um prejuízo de mais de R$ 12 bilhões ao comercio e caos ao país, houve mortes com ambulâncias presas em greves sem fundamento, o prejuízo só não foi maior graças a intervenção da policia militar.


O futuro do Brasil esta nas mãos de um 'único juiz' com a coragem de enfrentar o crime organizado político, agora resta saber se o meliante sai pela porta da frente ou atrás das grades, mas não em prisões limpinhas da policia federal, onde rola pizza, comidas caras, internet rápida, tevês 70 polegadas, filmes, ar condicionado, duchas quentes etc, sempre assistido pelo policial japonês corrupto, e sim, em prisões do Maranhão.

Não se trata de vingança, mas de justiça iguais a todos, ou seja, quem rouba (1) real é o mesmo ladrão que roubaram milhões ou bilhões, a sociedade organizada esta cansada de ver tanta impunidade, só porque o ladrão tem credenciais de "colarinho branco".



Juíz escolhido a dedo por Temer deve "julgar" chapa de cassação de Dilma-Temer

O ministro Admar Gonzaga tomou posse nesta sexta (28) no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Gonzaga ficará na vaga aberta por Henrique Neves, cujo mandato terminou no dia 16 deste mês. O novo ministro foi escolhido pelo presidente Michel Temer em uma lista tríplice enviada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), na qual foi o mais votado. Com informações da Agência Brasil.

Com a posse, Gonzaga poderá participar da análise da ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer. O julgamento foi suspenso no dia 4 de março e deve ser retomado no mês que vem.

O TSE é formado por sete ministros: três oriundos do STF (Gilmar Mendes, Rosa Weber e Luiz Fux), dois do Superior Tribunal de Justiça (Herman Benjamin e Napoleão Nunes Maia Filho) e dois da advocacia (Admar Gonzaga e Luciana Lóssio).


Além da chegada de Admar, está prevista outra mudança nas cadeiras destinadas à advocacia no TSE. Na semana passada, Temer indicou o jurista Tarcísio Vieira de Carvalho para substituir a ministra Luciana Lóssio, cujo mandato termina no dia 5 de maio.

A posse ainda não foi marcada. Temer manipula o congresso e o STF 100% corrupto para que tudo 'acabe bem', ou seja, em pizza.


Com informações da Folhapress e Agencias Internacionais)



  'Não estamos sozinhos', ou dividimos espaço com outras criaturas, ou morremos junto com o planeta, tenha consciência disso. Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 29 abril, 2017. Melhor visualizado em 1280x800 pixel