-
Home Pesquisar Úteis Ambiente Astronomia Recicle Cidades Árvores Dinossauros Anuncie Noticias Fale
   
Piadas de Políticos
   
 


Renan Calheiro quer barrar a “lava-jato” e aprova com urgência "leis" a favor da bandidagem politica

           Os políticos são unidos na fartura e corrupção, para se safarem da justiça fazem “leis” que os eximam de seus crimes quando pegos, veja exemplos, o meliante chamado de Garotinho para sair da cadeia inventa doença e diploma falso, paga milhões roubado dos cofres a (médicos safados) para colocar cateterismo, assim pode curtir e se defender com tranquilidade no conforto do lar, e ainda tem esposa e filha corruptas que derramam lagrimas de crocodilos para dar respaldo ao crime, são “leis” pensadas e muito bem planejadas para que fiquem sempre livres, nunca presos.

           Pezão e Lula são dois corruptos escorregadios, isso porque a policia brasileira não tem infraestrutura ou competência para lidar com mafiosos, enfim, falta tudo, as únicas formas de encontrar as propinas pagas a Lula, será procurando em locais inóspitos e inusitados, ou seja, onde os mafiosos passaram, escavar em terrenos, sítios, fazendas e fundos de quintais são as únicas formulas de tentar encontrar este dinheiro, além é claro também de procurar nos bancos da China Comunista, no jardim do ditador Fidel Castro e quintais dos “laranjas”, ou ficar esperando mais (500) anos para que Lula torre parte do dinheiro (fruto da corrupção) com advogados pilantras e os mais caros do planeta para defende-lo eternamente.

             De acordo com a secretaria de turismo do Rio de Janeiro, este ano o governador (Pezão) pode liberar mais de R$ 500 milhões para compra de fogos de artifícios, ou seja, deseja matar, empobrecer e adoecer ainda mais os cariocas, é muito provável que a venda milionária deste produto cancerígeno, renda muita propina para os secretários de turismo, prefeitos e governadores, por enquanto somente a policia da Itália tem competência para prender mafiosos.. Veja o que os fogos causam a saúde pública.
       
             (Vale lembrar) que todos os políticos do governo brasileiro, juntando o congresso e senado não sobram (1) que valha a pena, é um aglomerado de bandidos, assassinos e omissos, cuja finalidade é enganar e se enriquecer à custa do sofrimento alheio, portanto, os brasileiros só irão ouvir eternamente o blábláblá de sempre, sobra aos tolos cidadãos continuar a pagar salários a políticos que variam entre R$ 100 mil a R$ 1.5 milhões de reais mensais, sem contar as propinas e roubos diretos e indiretos dos cofres públicos.

             Não existem formulas magicas de consertar o que já nasceu “trincado”, o péssimo caráter vem do berço, afinal, um politico precisa ser mentiroso e muito "cara de pau", caso contrário sua carreira ridícula e inutil a sociedade é curta neste sistema de governo (podre) e arcaico, (NÃO ADIANTA ELES INVENTAREM "LEIS" DE MORALIZAÇÃO POLÍTICA, SE ELES PRÓPRIOS NÃO TEM (MORAL) E MUITO MENOS RESPEITO A ELAS QUE CRIAM A BEL PRAZER) a única forma de salvar o Brasil da falência e extinção total, é a população brasileira ficar livre desta escória mudando o sistema de governo, somente fechando as portas das dezenas de milhares de autarquias, estatais, secretarias, ministérios, palácios entre centenas de outros artifícios inventados exclusivamente para sustentar partidos políticos e desvios trilionários, o Brasil não tem solução.

             Veja mais exemplo, a cidade de Rio Claro-SP, dobrou o número de vereadores, a prefeitura não tem dinheiro sequer para pagar o funcionalismo, o município esta atolado em dividas devido a roubos e má gestão, mas como é “lei” feita pelos políticos diz que precisam receber seus hiper-salários em dia, tudo que o município arrecadar será repassado para os vereadores e seus milhares de assessores e cargos comissionados.

             Outro exemplo muito triste, a própria “justiça” voltou atrás de abrir processo contra Michel Temer de receber propina, é claro como o “dia” de que o malandro presidente interino recebeu e provavelmente continua recebendo mensalão, assim como também sempre soube das falcatruas de Dilma e Lula quando era Vice.

            A justiça fraquíssima do Brasil representada pelo juiz Sergio Moro, sendo o único juiz entre os mais de (14) mil juízes federais que também recebem supersalários, teve a coragem de levantar-se da cadeira e ir a luta contra a corrupção.

            O cansaço em descobrir tantas sujeiras o faz cometer graves erros, permitindo que gangster como Lula continue solto, e pior, facilitando a vida destes assassinos, regalias que não daria a um ladrão de galinha.

            Se Lula fosse mesmo inocente, quem em (sã) consciência iria deixar de enfrentar seus acusadores (cara a cara)? Moro permitiu que  o pilantra ficasse em casa assistindo de camarote sua decadência. Se Moro o obrigasse a comparecer em seu processo, provavelmente ele sairia algemado de lá.

             Mas os brasileiros precisam estar “gratos” de pelo menos ter um (único) homem arriscar-se sozinho, contra um governo (inteiro) corrupto.

             Até o presente momento só (1) bandido foi realmente preso, o ex-governador Sergio Cabral que (ainda) permanece no Bangu do Rio de Janeiro, os outros estão em suas mans��es ou em "Hotéis" (5) estrelas da policia federal, isto não pode ser considerado prisão, dado a imundice da carceragem brasileira.
      
             O que todos veem com clareza, é que a “descoberta” do Brasil por Pedro Alvares Cabral já passa dos (500) anos de omissão da “justiça”, onde políticos continuam usando o poder em (beneficio próprio), como se a (lava-jato) nem existisse. Passou da hora de reinventar o “grito do Ipiranga”. (..)



Senado aprova urgência para projeto sobre poderes já limitado do judiciário

O Senado aprovou nesta terça-feira regime de urgência para o projeto de lei que define crimes de abuso de autoridade cometidos por membros de um dos Poderes ou por agentes da administração pública no exercício da função. Com a decisão, o projeto vai ser analisado diretamente pelo plenário do Senado, sem necessidade de passar antes por comissões da Casa.

A proposta de 2009 foi desengavetada em junho deste ano pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O projeto de lei é alvo de questionamentos de integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato e entidades representativas do Judiciário e do Ministério Público, que veem nas medidas uma forma de cercear as investigações.

O procurador da República Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, disse ser “favorável à modernização da lei de abuso de autoridade”, mas fez ressalvas à proposta em discussão no Congresso. “O conteúdo, a forma e a celeridade da proposta abrem espaço para a compreensão de que é uma reação contra grandes investigações, como a Lava Jato”, afirmou.

Renan

Renan é alvo de uma série de inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), alguns deles ligados à Lava Jato, que investiga um bilionário esquema de corrupção na Petrobras. Já há uma denúncia contra o presidente do Senado, feita pela Procuradoria-Geral da República, no Supremo que, se aceita pela Corte, pode transformar o parlamentar em réu.



Político secretário de turismo é denunciado por morte de Domingos Montagner

Promotoria publica de Sergipe entendeu que município de Canindé de São Francisco foi omisso pela falta de salva-vidas e por não manter placas que informassem o risco de afogamento.

Após a Polícia Civil concluir o inquérito da morte de Domingos Montagner, que confirmou o afogamento como causa, o secretário de Turismo de Canindé de São Francisco foi denunciado pelo Ministério Público Estadual de Sergipe. Segundo o "Jornal Hoje", da TV Globo, desta segunda-feira (21), José Dimas dos Santos Roque pode responder a um processo criminal por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), com detenção de até três anos. Domingos morreu afogado no rio São Francisco em setembro, quando gravava o fim da novela "Velho Chico".


O órgão entendeu que o município foi omisso em não manter placas que informassem o risco de afogamento por conta da correnteza e de redemoinhos, além da falta de salva-vidas no local. A denúncia, assinada pelo promotor Emerson Oliveira Andrade, assim como o processo, devem ser analisados pela Justiça em até 30 dias.


Domingos, de 54 anos, desapareceu no início da tarde do dia 15 de setembro, enquanto mergulhava em um momento de folga com a colega Camila Pitanga. O corpo do ator foi encontrado preso nas pedras mais de três horas após seu desaparecimento, a 30 metros de profundidade, perto da Usina Hidrelétrica de Xingó.




STF marca julgamento de denúncia contra Renan para 1º de dezembro

BRASÍLIA - Nove anos após o início das investigações ligadas ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL) pelo Supremo Tribunal Federal, o primeiro julgamento de denúncia contra o peemedebista foi marcado. O plenário do Supremo decidirá na quinta-feira, 1.º de dezembro, se aceita a denúncia contra Renan, o que faria dele réu pela primeira vez. A acusação é de peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso e foi formalizada em 2013.

De acordo com inquérito remetido pela Procuradoria-Geral da União que será analisado pelo Supremo, Renan recebeu propina pela construtora Mendes Júnior para apresentar emendas que beneficiariam a empreiteira. Em troca, o peemedebista teria as despesas pessoais da jornalista Monica Veloso, com quem mantinha relacionamento extraconjugal, pagas pela empresa.

Na época, Renan apresentou ao Conselho de Ética do Senado recibos de venda de gados em Alagoas para comprovar um ganho de R$ 1,9 milhão, mas os documentos são considerados notas frias pelos investigadores. O peemedebista chegou a renunciar à presidência do Senado quando o escândalo veio à tona.

O inquérito em questão, de número 2593 e relatoria do ministro Edson Fachin, é um dos 12 relacionados a Renan no Supremo. O último deles foi aberto na sexta-feira passada, 18, quando o ministro Dias Toffoli autorizou a realização de diligências solicitadas pela PGR. Os investigadores querem mais informações sobre uma movimentação financeira de R$ 5,7 milhões de Renan, considerada incompatível com a renda do parlamentar.

Se o plenário do STF aceitar a denúncia contra Renan, o julgamento do processo pode ser realizado futuramente por uma das Turmas da Corte e não pelo plenário. Isso porque o plenário do Supremo se debruça apenas sobre as ações penais de parlamentares que presidem a Câmara ou o Senado, mas Renan deixará a presidência do Congresso em 2017. Como um parlamentar comum, o seu caso passa a ser analisado pela 1.ª Turma, colegiado do qual Fachin faz parte.

Defesa. A assessoria de Renan divulgou nota nesta noite de quarta-feira, em que diz estar "tranquilo e confiante na Justiça brasileira". "O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) pediu oficialmente essa investigação ao Ministério Público no ano de 2007 e é o maior interessado nesse julgamento", diz o texto.

O texto também dá a entender que o processo em questão é contraditório. Na nota, a assessoria afirma que Renan responde "ao mesmo tempo por ter e não ter recursos para fazer face à despesa mencionada" no processo. Segundo a nota, o senador responde em um inquérito por não ter os recursos e em outro por dispor de meios financeiros antes inexistentes.

Por fim, a nota sustenta que, de acordo com a defesa do senador, o processo não trata de contas pessoais que teriam sido, supostamente, pagas por uma empresa. "Essa acusação, que perdurou por 10 anos, sequer consta da denúncia", escreve.



Deputado da gang do (PT) quer aprovar Emenda com anistia ao caixa dois e roubos dos cofres publico

Caso a emenda seja aprovada, irá ajudar no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, e anistiar todos que roubam e roubou dinheiro dos cofres públicos, a bancada da pilantragem dos deputados está dividida, não sabem se aprovam na integra ou incrementam alguns novos artigos como impedir prisões de políticos ladrões, repatriação de fortunas de parentes de políticos roubadas dos cofres que se encontra em paraísos fiscais, entre outras medidas viáveis a quadrilha, enfim, para liberar total o crime no governo.


(Com agência Reuters Estadão e Agencia Internacional)


  Proteger as árvores, animais, rios e mares é um dever cívico. Faça sua parte, todos seremos responsabilizados pelo que estamos fazendo de mal a natureza.


Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.


 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 24 novembro, 2016. Melhor visualizado em 1280x800 pixel